sábado, 4 de abril de 2015

Oásis de Huacachina - Ica, Peru

Huacachina, um Oásis em Ica, cidade onde tuk tuk é mato!



Saímos de Nazca com destino a Ica. Antes de partirmos, tomamos o pior café de todos os tempos...sério! Era muito ruim! Não sei como conseguiram fazer um café tão ruim! Ainda fui atrás de pilha para o meu relógio de hippie que eu havia comprado em Arequipa...Ao meio de muitos frangos mortos sendo vendidos no meio da rua, sem qualquer refrigeração, moscas e ambulantes tentando me empurrar de tudo para comprar, enfim achei a pilha hahaha! Ninja! Trocamos dinheiro com um câmbio bem ruim. A Érica conseguiu um câmbio bem melhor no banco Caja, fica a dica! Pegamos o ônibus em direção a Ica....ecaaa, pensa num ônibus nojento...gente feia, suja, um cheiro horrível dentro do bus, fora que vendiam de tudo lá. Enfim, força, partiu!

Chegamos em Ica! O trânsito é uma loucura! Você vê aquele monte de tuk tuk e jura que ninguém sai vivo de lá! Mas, saem sim...
O oásis de Huacachina é bem charmosinho e bonito, mas o cheiro não é dos mais agradáveis. Conseguimos um hostel por 30 soles, com banheiro privativo e água quente hehehe. Comemos no próprio restaurante do hostel. Nisso, chega o Xavier, nosso querido e inconveniente garçom do dente de ouro! Coisa mais linda, sqn! 

Calçada de Huacachina
 
Parada para o lanche


Eu e Alan saímos para comprar as passagens para Cusco, pois no outro dia já partiríamos. Aproveitamos para utilizar os serviços ultra aventureiros de andar em um tuk tuk. Gente do céu, salve-se quem puder! Um tuk tuk é uma espécie de moto de três rodas enjambrada. Cada curva é um mini infarto! Chegamos vivos de volta ao hostel e com as passagens compradas. 
Havia uma discoteca no hostel, o som ia direto para o quarto. Devido ao público nada agradável, não me empolguei de curtir a baladinha deles e fui dormir, depois de tomar um drink chamado Huacafuckingchina hehe.

Os famosos tuk tuk
Pânico dentro do tuk tuk haha
Não há muito o que se fazer em Ica. A única opção é o passeio de buggue pelas dunas. Vale a passagem pela cidade para conhecer, mas não fique mais de um dia, ficará entediado. Fizemos o check out no hostel e ficamos 10 horas aguardando o ônibus. Voltamos ao restaurante para fazer um lanche e o Xavier novamente ficou zoando com a gente, especialmente comigo, dizendo que não confiava nas mulheres, etc, etc, etc hahaha. Isso sempre com aquele sorrisão de dente de ouro! Coisa linda! Meu deus, apaixonei! rsrs

Esperando 10 horas pelo ônibus...depois mais 17 horas de viagem
Pegamos o taxi, e sempre trollando todo mundo. Depois de uma garrafa de Casillero, estávamos um pouco alegres rsrs.


Chegando na rodoviária, havia uma menina peruana me olhando, muito sismada. Provavelmente ela não via uma mulher loira a muito tempo, ou talvez nunca havia visto. Ou eu estava com cara de palhaça mesmo hahaha.

Próximo destino: Cusco, a cidade que sempre terá um lugar especial no meu coraçãozinho!

Despesas:

Hostel R$ 24,00
Alimentação R$ 63,00
Passagem para Cusco R$ 104,00
Taxis R$ 4,00
TOTAL R$ 195,00

Sobre o hostel (Hostel Huacachina):

Hostel confortável, chuveiro quente, atende bem. Simples e barato.

Fachada do hostel